quinta-feira, 3 de julho de 2014

Minha querida fralda/toalha

0 comentários


Quando vamos fazer uma caminhada longa cada grama extra que colocamos na mochila conta, por isso os peregrinos estão sempre em busca de itens leves para reduzir o peso da sua carga e cada um tem suas manias. Eu, por exemplo, gosto de levar uma fralda de pano - dessas de bebê mesmo - para usar como toalha de banho. 

Parece esquisito, mas a fralda tem muitas vantagens em relação aquelas toalhas de banho para camping. Elas são mais leves, mais absorventes e maiores que as toalhinhas vendidas em lojas de esportes. Elas secam super rápido e, na minha opinião, são bem mais agradáveis ao toque.

Em 2009 levei uma fralda e não me arrependi. Dessa vez, comprei uma dupla - duas fraldas juntas - que formam uma toalha beeeem grande e super levinha. Ela também quase não ocupa espaço, o que é ótimo!

Tudo bem que a estampa é de girafinha, mas não me importo. De alguma forma ela até reflete meu espírito inocente e por vezes infantil. Para os mais "envergonhados" há a opção de levar fraldas brancas. Elas são encontradas normalmente em lojas de armarinho. Sem dúvida um item alternativo que vale muito a pena. Fica a dica ;)

terça-feira, 24 de junho de 2014

Enxoval Peregrino

0 comentários

Faltando pouco mais de um mês para a partida, resolvi resgatar aqui no blog o check list com todo o enxoval necessário para a caminhada pra ver o que ainda precisa ser providenciado. Por questões de economia decidi que não vou comprar nenhuma roupa nova. As calças e camisetas que usei na caminhada de 2009 e que uso nas minhas caminhadas por aqui ainda estão em ótimo estado e não me importo de ficar com a mesma aparência nas fotos. Pode parecer bobagem, mas isso já rende uma economia de uns R$ 400,00 (Roupas esportivas de qualidade são caras mesmo) que pode ser investido em alimentação na viagem. As botas também serão as mesmas, elas ainda aguentam mais uma aventura.

Basicamente, a lista de itens se mantém a mesma da outra vez. Como o peregrino carrega tudo nas costas, é importante levar apenas o necessário:

Azul: Já está ok
Vermelho: Ainda precisa comprar ou providenciar

Equipamentos Imprescindíveis
1 Mochila especial para caminhada
 1 Saco de Dormir, leve e para temperatura de até 5º C 
 1 Capa de Chuva para homem e mochila
 1 Um par de Botas de trekking, impermeável e devidamente amaciado
 1 Um par de chinelos

Utensílios
 1 lanterna de cabeça
 1 Pochete
 1 Cortador de unhas
 1 diário de viagem (Pensando em substituir pelo Smartphone)
 1 caneta
√ 6 Sacos plásticos para isolar objetos dentro da mochila
 10 Alfinetes de segurança para prender roupas no Varal e/ou na mochila

Indumentária
 2 calças que viram bermudas
 1 Jaqueta/Anorak
 2 Camisetas dry fit
 1 boné com proteção para o pescoço (Legionário)
√ 3 Pares de meias, especial para caminhada
 2 Cuecas sem costura
 1 Conjunto underwarm (Calça e Camiseta tipo segunda pele para os dias frios)
 1 Óculos Escuros

Higiene
 1 Xampú (100 ml)
 1 Tubo pequeno de creme dental
√ 1 Escova de dentes própria para viagens
 1 Fralda de pano para usar como toalha
√ 1 Pente
√ ½ Rolo de papel higiênico para emergências
 1 Desodorante Miniatura
√ 1 Fio dental embalagem compacta

Saúde
√ 1 Agulha e linha para tratar eventuais bolhas
√ 1 Vick Vaporub
√ 1 Rolo pequeno de micropore
√ 1 Protetor solar hidratante
 1 Aspirina
1 Seringa de insulina (para curativos em bolhas)
 1 Anti alérgico


Extras
 1 Máquina fotográfica
 2 Catão de memória para a Máquina (O maior possível)
 1 Cabo da máquina
 1 Par de pilhas AA recarregáveis
 1 Carregador de pilhas
 1 Guia do caminho Primitivo (cópia reduzida)
 1 Vieira
1 Gravador de áudio
√ Mini Tripé
 Microfone de Lapela
Smartphone

Preocupações Extras
√ Seguro Saúde
√ Trocar Dinheiro
 Credencial de Peregrino
Passaporte

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Por que o Caminho Primitivo?

0 comentários



Quando se fala em “Caminho de Santiago de Compostela” precisamos ter em mente que existem diversas rotas pela Europa que conduzem até a catedral onde está enterrado o apóstolo Tiago. O Caminho Francês, que normalmente esse inicia em Saint Jean Pied de Pont, na França, é sem dúvida o mais procurado e também o que possui a melhor estrutura para atender os peregrinos e foi essa rota de 750 km que percorri em 2009, em 30 dias.

Dessa vez, como teria apenas 18 dias de férias, procurei uma rota mais curta. A princípio tinha pensado no Caminho Português, a partir da cidade do Porto, mas acabei optando pelo Caminho Primitivo principalmente pelas paisagens do norte da Espanha.

A rota conhecia como “Caminho Primitivo de Santiago” começa na cidade de Oviedo e se conecta com o Caminho Francês em Melide. O nome se deve ao fato desta ser o primeiro trajeto até Santiago que tem registros históricos. O Rei Afonso II das Astúrias e sua comitiva saíram de Oviedo, no século IX, para visitar o túmulo de São Tiago, descoberto alguns anos antes.

Uma das principais características desse percurso, em comparação com outros Caminhos de Santiago, é o nível de dificuldade. De Oviedo até Lugo é uma viagem desgastante pelas montanhas.

Outra característica marcante do Caminho Primitivo é a beleza da paisagem. A estrada atravessa dezenas de florestas, rios, riachos, campos, vales, colinas, montanhas e vilarejos. Há também muitos cavalos, alguns selvagens. Além disso, a maior parte do percurso é feito por trilhas em contato com a natureza e, felizmente, não há quase nenhum contato com as estradas de tráfego pesado.

Essa vai ser uma caminhada de apenas 320 km, que pretendo completar em 13 ou 14 dias, mas certamente será uma experiência bem diferente da que tive há 5 anos. Tomara que eu sobreviva :)

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Um novo caminho

2 comentários



Pois é, o tempo passa, o tempo voa... e lá se vão mais de cinco anos desde que criei o blog para relatar os preparativos e as aventuras da minha peregrinação pelo Caminho Francês de Santiago de Compostela.

Foi uma experiência incrível, de amadurecimento e fortalecimento. Quando retornei ao Brasil estava doido para voltar ao Caminho o mais breve possível, mas o que eu não sabia é que a vida tinha reservado outros rumos pra mim.

Seis meses depois de retornar, tive que me despedir de meu pai, que cumpriu sua missão e deixou de caminhar ao nosso lado na longa estrada da vida. Tivemos que seguir sem ele, com o coração cheio de saudade.

Trocamos o agito diário na churrascaria que havia sido nosso ganha-pão por 14 anos por uma vida mais tranquila. Fiz mestrado, voltei a trabalhar em Curitiba onde passei a morar com minha irmã Carol, que cresceu e entrou na universidade. Foi nesse tempo também que nasceu o Bocó Repórter, nosso canal no Youtube, que tem proporcionado muitas alegrias e experiências enriquecedoras. Canal esse que começou com vídeos bem toscos com dicas de caminhada, veja só!

Agora, depois de tanto tempo, finalmente chegou o momento de retornar à Espanha para viver uma nova jornada. No mês de agosto volto a colocar a mochila nas costas e o pé na estrada para percorrer o Caminho Primitivo. Um trajeto mais curto, mas nem por isso mais fácil.


O Blog está de volta, e nas próximas semanas espero poder relatar aqui um pouco dos percalços da preparação e da história dessa rota que ainda estou descobrindo aos poucos. Um novo caminho está começando e espero contar com a sua companhia nessa nova jornada. 

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

The End

6 comentários

No Caminho de Santiago aprendi a valorizar mais a vida cotidiana. Nada, seja bom ou ruim, dura para sempre e cada dia e uma etapa cumprida nessa nossa longa peregrinacao aqui na Terra. E como nao poderia deixar de ser, minha "temporada" aqui na europa tambem chegou ao fim.

Ficam para sempre na memoria todas as experiencias maravilhosas que vivi por aqui. O Caminho de Santiago foi realmente algo incrivel, um desafio a ser superado a cada dia, o que fortaleceu muito, nao so o fisico, mas tambem o emocional. E Londres, essa cidade maravilhosa que proporcionou um grande crescimento cultural e vai deixar muitas saudades.

Ontem pela manha resolvi conhecer um pouco do interior da Inglaterra. Peguei um trem ate Luton e la me informei sobre um vilarejo proximo, chamado Kimpton. Por que Kimpton e nao outro lugar? Bom, essa e uma longa historia... ha algum tempo eu venho trabalhando em um livro de ficcao e achei Kimpton atraves do Google Earth quando procurava pequenos vilarejos nao tao distantes de Londres. Como o Lugar serve de cenario para minha historia achei que seria interessante conhece-lo pessoalmente. Na verdade quando vim para ca eu nem tinha planos de ir a Kimpton, mas como tinha tempo livre e vi que nao era tao complicado nao vi impedimento. Foi bem interessante.

Na viagem a Kimpton acabei passando mais tempo em Luton. Havia poucos horarios de onibus para o vilarejo e acabei perdendo um enquanto tirava umas fotos. Quando voltei de Kimpton aproveitei para cortar o cabelo e comprar umas roupas no shopping de Luton. Achei muita coisa boa e barata la. Comprei ate um chapeu rs.

De volta a Londres no fim da tarde fui direto para o teatro assistir o musical "O Rei Leao". Foram quase 3 horas de um espetaculo incrivel. Nunca vi uma producao tao elaborada e com tantos efeitos especiais no teatro. Valeu mesmo a pena e os pounds gastos.

Depois da peca aproveitei para tirar algumas fotos noturnas da London Eye e do Big Ben. E muito bonito ver tudo iluminado e refletindo nas aguas do Tamisa.

Hoje tomei um cafe da manha ingles (com ovo, bacon, feijao, batata frita, salsicha, cogumelos e torradas com manteiga, praticamente um almoco) e fui ate a Catedral St. Paul (onde a Princesa Daiana e o Principe Charles se casaram) porque nao tinha tirado fotos de la ainda. Tirei fotos so da fachada porque precisa pagar para entrar e achei que nao valia a pena. Tambem tirei fotos da Milenium Bridge, a ponte que e destruida pelos comensais da morte no inicio do filme Harry Potter e o Enigma do Principe.

Daqui a pouco me despeco de vez da cidade e sigo para o aeroporto. A viagem foi otima, mas ja esta na hora de voltar para casa e para as pessoas que tanto amo.

Serao muitas horas de voo porque vou fazer conexao em Madrid. Nos vemos no Brasil!

video
A troca da guarda em Windsor e uma das coisas inesqueciveis. A banda era excelente e escolheu bem o repertorio.

Kimpton Village: Desconhecido e bucolico, ao menos por enquanto.

Kimpton High Street, a rua principal e praticamente a unica rua!

No trem de volta a Londres de chapeu e corte de cabelo novos

Londres a noite...

...Uma visao incrivel

London Eye iluminada

Big Ben

Cafe da manha Ingles

Millenium Bridge

Jogo de xadrez gigante na Trafagal Square

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Windsor and Oxford

5 comentários

O passeio de hoje foi simplesmente incrivel. O Castelo de Windsor e fantastico! Pena que nao podia tirar fotos do interior. Acho que a rainha esta bem instalada rs. Assisti a troca da guarda la, muito legal.

Oxford tambem e uma cidade encantadora. Fui na Oxford College & e Cathedral onde foram gravadas algumas cenas de Harry Potter. Muito bonito. Melhor nem escrever muito, vamos direto as imagens do dia:

Uma das entradas do Castelo de Windsor

Torre do Castelo

Vista pela porta da frente pelo "Long Walk"

Unica foto clandestina que consegui do interior do castelo. Por fora ele ja impressiona, mas por dentro, waw! Minha irma, Carol, ia adorar visitar Windsor, lembrei dela o tempo todo.
A banda na troca da guarda foi uma atracao a parte, simplesmente otima!


Entrada do College & Cathedral em Oxford

Lugar onde foi gravada cena de aula de voo do primeiro Harry Potter

Escadaria de entrada de Hogwarts, usada tambem no primeiro filme

Pelos arredores da cidade universitaria

Uma parada estrategica para fazer algumas anotacoes...

domingo, 20 de setembro de 2009

Um dia no Museu

2 comentários

Antes de vir a Londres eu imaginava se seria dificil encontrar uma igreja catolica por aqui, ja que a anglicana e muito mais popular. No fim das contas nem precisei procurar. A caminho do museu, hoje de manha, desembarquei do onibus bem em frente a uma igreja e justo 10 minutos antes da proxima missa. Foi realmente providencial.

Depois de rezar um pouco segui para o museu de historia natural. Que lugar fantastico! Nunca pensei que passar o dia no museu fosse tao gostoso, me diverti muito la. E o mais incrivel e que a entrada e gratis!

O predio e gigantesco e para visitar e necessario caminhar muito la dentro, mas vale a pena. Tem desde fosseis de dinossauro ate simulador de terremoto la dentro. O interessante do museu e que ele e bem interativo.

Do lado do museu de historia natural fica o museu de ciencia e foi la que passei mais tempo. Foi bem legal brincar na perta dedicada a experiencias cientificas interativas. Aqui em Londres, definitivamente, ir aos museus e um otimo programa.

Na volta dei uma passadinha na Harrods (uma loja super mega ultra chique), mas so fiquei la dez minutos porque logo ia fechar. Nunca vi nada igal aquilo! A loja ostenta luxo por todos os lados, a gente se sente ate mal. Valeu para matar a curiosidade.

Museu de Historia Natural: ja da para ver na entrada que nao e um daqueles museus chatos

So a beleza do predio ja impressiona os visitantes


video

Simulador de terremoto: Interatividade no Museu de Ciencia

sábado, 19 de setembro de 2009

London by Walking

8 comentários

Caminhei ate a estacao King's Cross que fica aqui perto. E nessa estacao que o Harry Potter sempre pega o trem para Hogwarts. Nao tentei entrar pela parede entre as plataformas 9 e 10 porque nao tinha parede entre elas rs. A estacao e bem bonita, mas estao reformando e logo ela vai te rum ar mais futurista, uma pena.

Da King's Cross peguei o metro e fui para Nothing Hill (aquele mesmo do filme com a Julia Roberts). Nos sabados tem uma feira la e o bairro fica bem movimentado. Tem muitas lojas de antiguidades e e possivel encontrar coisas incriveis por la como roupas antigas, relogios de bolso, prataria, lunetas, molduras e muitas coisas que parecem ter saido direto de um filme de epoca.

A cada 5 passos que eu dava em Nothing Hill tropecava em um brasileiro. Alias, hoje o que eu mais encontrei foram brasileiros na rua e nos lugares que fui. Ate o atendente da lanchonete onde almocei era made in Brasil.

Depois de circular pela feira sem coragem de comprar nada resolvi ir a pe em direcao ao museu Madame Tussaund's. Passei por uma parte do Hyde Park (creio que o maior da cidade) e no caminho parei no museu do Sherlock Holmes na Backer Street. Para quem gosta do personagem, como eu, e uma atracao imperdivel. Tirei uma meia duzia de fotos e fiquei sem pilhas carregadas, tsc tsc.

Tive que gastar £4 em pilhas. Nao tinha como ir pro hotel, esperar as pilhas carregarem, e voltar ao Madame Tussaund's.

O museu de cera e interessante, mas acho que nao valeu o preco. Nao dava nem para tirar fotos com as replicas das celebridades de tanta gente que tinha naquele lugar. Talvez se eu nao estivesse sozinho tivesse me divertido mais la.

Depois de tirar algumas fotos com os famosos fui caminhar (para nao perder o costume) mais um pouco no Regent's Park. Muito bonito.

O que eu mais tenho feito aqui e caminhar. Peguei onibus so uma vez e o metro duas ate agora. O Caminho de Santiago me deu um bom condicionamento rs, caminho quilometros por aqui e nem percebo.

Amanha vou aproveitar o domingo e fazer um tour pelos museus e parks com entrada free. Segunda me mando para Windsor e Oxford. Tive que escolher se ia para Oxford ou Cambridge, nao ia dar para ir para os dois lugares, entao optei pelo primeiro. O que pesou mais na hora da decisao? O fato da Universidade de Oxford ter sido cenario de algumas gravacoes de Harry Potter hora!

King's Cross Station

Hyde Park

O Museu do Sherlock

"Elementar meus caros amigos!"

Meu amigo Robin Willians

Trocando umas ideias com o Spilberg sobre minha participacao em Jurassic Park 4

As rosas do Regent's Park

Regent's Park

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Mais um dia em Londres

5 comentários

Aproveitei o resto da tarde ontem para visitar algumas lojas aqui na regiao da Picadilly Circus e na Oxford Street. Comprei algumas coisinhas na Hamlys (uma loja de brinquedos enorme que tem aqui). Fiquei so babando nas replicas perfeitas de artigos dos filmes Harry Potter e Senhor dos Aneis que estavam a venda la por precos pouco convidativos. Tambem dei uma passadinha na loja da Apple para babar mais um pouco.

A noite, no hostal, descobri que era possivel jogar wii gratuitamente na sala de tv. Convidei um japones para jogar Tenis comigo, depois mais uma japonesa se animou e veio participar da brincadeira. Tambem jogamos um pouco de Mario Kart. Foi bem divertido.

Hoje resolvi sair cedo. Tomei cafe e peguei a linha 15 de onibus ate as proximidades da Torre de Londres. Dei uma passadinha pelo centro financeiro para fotografar aquela "espiga" gigante (um predio com formato de foguete) e depois so passei pela frente da tal Torre de Londres (que na verdade e um castelo. Deixei para conhecer por dentro uma outra vez, a entrada nao e muito barata. Apenas fui na loja de lembrancinhas e achei umas coisas bem interessantes por la.

Tirei umas fotos da Tower Bridge (aquela ponte levadica sobre o tamisa) que fica do lado, depois peguei o barco em direcao a London Eye. Foi bem legal o passeio de barco pelo rio. Deus para ver algumas atracoes de um angulo diferente.

Na fila da London Eye, por coincidencia, havia 3 brasileiros na minha frente com os quais fiz amizade. Duas paulistas que estavam passeando por aqui e voltavam para o Brasil hoje, e um Carioca que vive aqui ha 14 anos. Acabamos indo na mesma "capsula" da roda gigante. Esses nao foram os primeiros brasileiros que encontrei por aqui. Ontem, no passeio a pe, contei 4.

O passeio na London Eye e incrivel. A gente mal percebe ela subindo. Leva meia hora para dar a volta completa e e bem legal ver a cidade la do alto.

Depois do passeio na London Eye fui com a Luciana e a Flavia (as paulistas) ate o palacio de Buckingham tirar mais algumas fotos. Elas sao pessoas bem legais (O Alvaro nao foi junto porque precisava resolver alguns assuntos pessoais). Depois da sessao de fotos fomos almocar juntos e passamos pelo St James Park. Os parques daqui sao de tirar o chapeu mesmo. Agora as folhas das arvores comecam a cair, o visual e impressionante. Destaque para os esquilos, tem muitos deles. Chegam bem perto atras de comida. As pessoas daqui vao muito aos parques para ler, tomar sol, caminhar ou mesmo sentar na grama para conversar.

No almoco comi o prato tipico daqui, peixe empanado com batatas fritas. Eu nao gosto muito de peixe, mas estava bom. Depois me despedi das brasileiras e fui para o Ripley Museum, um lugar que reune coisas muito bizarras como: esculturas de chiclete, pedacos do muro de Berlin, originais de livros da Agatha Crsthie, so para citar algumas. Acabei nao tirando muitas fotos la. Tem tantos lugares legais para visitar aqui que acho que meu tempo de estada sera curto, vou ter que priorizar os de maior interesse.

O Famoso onibus de dois andares. Apesar de terem sido trocados por carros mais modernos alguns veiculos do modelo antigo (foto) ainda circulam na linha 9.


Mesmo mal cuidadas as Cabines telefonicas conservam seu "charme"

Pertinho da London Eye

Humilhando os Japoneses no Wii
Tower Bridge

Troca de turno da guarda em frente a residencia dos Pincepes

Big Ben e o nome do sino dentro da torre, e nao do relogio como muitos pensam
London Eye de longe
No alto da London Eye


Vista la de cima


No portao do palacio de Buckingham. Vou ter que ie pra Windsor se quiser tomar cha com a Rainha, tsc tsc.
Um dos esquilos do parque. Queria cobrar pela foto, vejam so!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Direto de Londres

5 comentários

Hoje sai de manha para uma caminhada na cidade com um mapa em maos. Passei pelo Green Park a caminho do lugar onde saia o tour a pe. Os parques daqui sao muito bonitos e limpos. Ate agora minha unica reclamacao e em relacao as cabines telefonicas que em sua maioria estao cheias de lixo ou com anuncios de prostitutas.

Passei por varios pontos turisticos hoje: Palacio de Buckingham, Parlamento, Abadia de Westminster, London Eye, Rio Tamisa, enfim, toda essa area mais central. O ceu nublado nao ajudou muito nas fotos, mas tudo bem. Esta um pouco frio por aqui, ja estava acostumado com o calor da Espanha. Mesmo assim, caminhar pelas ruas e como estar em um filme. A cidade tem uma atmosfera unica.

Na frente da residencia dos principes tirei fotos dos guardinhas e gravei um pouco da troca de turno. Parece que amanha vai ter troca da guarda no Palacio de Buckingham, vou ficar atento.

Por enquanto nao vou postar fotos. Nao trouxe o cabo junto e no hostal achei a internet cara de mais.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Santiago - Madrid - Londres

5 comentários

Aproveitrei bem a tarde em santiago, fiz um tour a pe por todo o centro historico. A noite ainda pude participar de um encontro na catedral onde os peregrinos podiam dividir suas experiencias. No final a genet descia para rezar na cripta do apostolo. Valeu mesmo a pena.

A noite peguei o trem para Madrid. Foi uma ma ideia pegar uma poltrona ao inves de uma cama no trem hotel. Foi uam viagem bem desconfortavel, porem bem barata. na proxima vez vou querer a cama, andei pelo trem e as cabines eram bem legais.

Foram 11 horas de trem ate Madri, tinha muitas paradas. La peguei o metro para o aeroporto, bem facil. O metro de Madri e muito moderno e bonito (mais bonito que o de Londres hehe). Chguei no aeroporto com bastante antecedencia, foi bem tranquilo agora que eu ja conhecia o Barajas.

Em Londres a fila do controle alfandegario era enorme, fiquei la mais de uma hora. Mas foi tranquilo passar pelo oficial da imigracao. So perguntou se era minha primeira vez em Londres, quanto tempo ia ficar, se vim a trabalho ou turismo e qual era meu trabalho no Brasil.

O aeroporto e meio confuso e feio, mas consegui achar o metro. Tive que pegar duas linhas ate o centro. Nao achei tao complicado, ja tinha um mapinha e um cartao de metro para usar. O dificil foi andar na rua, e tudo muito parecido hehe, mas cheguei bem rapido ao hostal.

So dei uam volta nas redondezas para me familiarizar. Fui no banco sacar Libras e comprei umas coisas no mercado. O mercado que eu fui tem um servico de autoatendimento e eu mesmo tive que passar as compras no caixa e por na sacola. O dinheiro a gente coloca numa maquina e ela da o troco certinho. Por falar em mercado, o lugar e o paraiso das comidas prontas de microondas, vou poder usar bastante a cozinha do hostal.

Ainda nao sei o que vou fazer amanha. Acho que vou fazer um tour gratis a pe que tem aqui no centro, ja que adoro caminhar mesmo. Londres e bem diferente da Espanha, isso ja deu para perceber, mas a primeira vista parece realmente uma cidade incrivel!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

De Fisterra de volta à Santiago

4 comentários

O por do sol em Fisterra foi incrível apesar do vento frio. Vi alguns peregrinos queimando algumas coisas que usaram durante a peregrinaçao numa espécie de ritual. Eu nao fiquei com vontade de queimar nada hehe.

Hoje cheguei em Santiago a tempo de assistir a missa do peregrino outra vez. Tive sorte em poder ver o botafumeiro pela terceira vez.

Encontrei mais conhecidos hoje. As alemas Jéssica e Sofia, o sul africano Eduard e a brasileira Rafaela, que saiu com a gente de Saint Jean Pied de Port. A Rafa disse que andou bastante com a Anita e ela só falava de mim. Ela está em Santiago também, mas no pronto socorro. Está com uma intoxicaçao alimentar, coitada.

Vou aproveitar a tarde livre para me despedir da cidade e visitar mais alguns lugares históricos. Como meu trem para Madri é só às 22:35, vou poder participar de um encontro de oraçao na Catedral com reflexao sobre a experiência vivida no Caminho.

O peregrino rumo ao "fim da Terra"


O Farol de Fisterre

E pensar que lá onde o sol se poem está a América, e o Brasil óbvio!

Um peregrino sentado a beira do penhasco

O "postre del sol"

Amanhacer em Fisterre, hora de partir