sábado, 4 de julho de 2009

Cajado ou Stick high tech? (Faltando 36 dias)

Nessa última semana refleti bastante a respeito do cajado tradicionalmente usado pelos peregrinos. Muito mais que um simples objeto, esse pedaço de madeira constitui um importante auxiliar na caminhada dando apoio nas subidas e mais segurança nas descidas, além de outras utilidades — como afugentar cachorros, servir de varal improvisado ou para pra ticar salto com vara sobre poças de lama.

Alguns não o dispensam, outros o abominam completamente. Em tempos modernos tem muita gente preferindo substituí-los por sticks de trekking. Eu, pessoalmente, acho os sticks bem interessantes. São leves, possuem sistema de amortecimento (pelo menos alguns que vi), podem ser facilmente pendurados na mochila caso não se queira mais usar e são fáceis de despachar junto com a bagagem nos aeroportos. Aqui no Brasil os sticks são caros, mas na Europa o preço é bem mais convidativo.

Confesso que fiquei bastante tentado a aderir aos sticks, mas no fim das contas acabei me decidindo pelo cajado. Ainda não sei se vou comprar um pronto lá ou se vou simplesmente pegar um galho na beira da trila e fazer um. Só sei que o cajado é bem funcional mesmo sem as “frescuras” do stick e, diga-se de passagem, é muito mais charmoso que o primo high tech.

0 comentários: