quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Villar de Mazarife - Astorga (30 km)

Dormimos muito bem no albergue de Jesus em Villar. Tao bem que hoje quase perdemos a hora e acordamos às 6:35h. Se bem que agora está amanhacendo mais tarde e até às 7:15 ainda está bem escuro. Estava frio ao amanhacer, tive que me agasalhar bem, mas perto das 10hs já tive que guardar a jaqueta, a camiseta comprida e as pernas da calça.

O trajeto até Astorga foi tranquilo. Parei em Hospital de Órbigo para comer um bocadillo. A cidade é bem bonitinha, deu vontade de ficar lá.

Quando chegamos a Astorga eu ainda tinha energia de sobra para caminhar mais. A articulaçao do meu pé esquerdo está doendo bastante desde que cheguei e Leon, mas a dor nao incomoda muito para caminhar, sofro mais nas escadas dos albergues. Hoje nem lembrei da dor na caminhada.

Eu e a Jo andamos mais separados hoje. Nos encontramos perto de Astorga. Acabamos passando do albergue e caminhando uma hora pela cidade (que aliás é bem bonita também).


Amanhecer no caminho entre El Burgo Ranero e Leon, 40km e quase 10hs de caminhada!


Parada para fotos e um bocadillo em frente a ponte histórica de Hospital de Órbigo

Palácio de Galdi em Astorga (A Jo tirou a foto torta, vou lá fazer outra mais tarde)

video

Uma espiadinha do albergue doido do Jesus em Villar de Mazarife

3 comentários:

Luciana disse...

Sandro,

Devo confessar ficar sempre esperando por suas notícias todos os dias. Para mim funcionam meio que como uma compensação por estar tão distante do Caminho...
Certamente o albergue de Villar é diferente. Obrigada por mostrá-lo com riqueza de detalhes...rsss... Acredito que vc esteja curtindo cada etapa em suas peculiaridades. É isso aí peregrino! Ultreya e Bom Caminho!! Luciana

"Drª" Nathy disse...

Adorei a foto do amanhecer, linda mesmo.
Bom não sei aí como chamam aqui esses desenhos são chamados de pixação. rsrsrsrs...bjin e continue a andar!

Jose William disse...

Adoro ler relatos de Peregrinos, Vou fazer um teste. Pretendo fazer o Caminho da Paz no final de Setembro, o ombro que se lixe, a dor não passa mesmo. Amanhã volto ao traumatologista fiz 20 seções de fisioterapia, foi uma verdadeira tortura. Como foi com vc será comigo caminhando esqueço a dor.